Seleção feminina de desenvolvimento tem bom desempenho em excursão ao Peru

São Paulo, 22 de outubro de 2018 - No último final de semana (20 e 21 de outubro), a Seleção Brasileira Feminina de Rugby Sevens Desenvolvimento, disputou quatro jogos na cidade de Lurin, no Peru. As partidas fizeram parte de uma “gira” a convite de Federação Peruana de Rugby. Com grande desempenho, as atletas do Brasil venceram três dos jogos da excursão.

No sábado, 20 de outubro, o Brasil foi derrotado em sua primeira partida contra o Paraguai, por 19 X 17. Porém, no duelo contra o Peru, logo na sequência, veio a primeira vitória, 19 X17. Já no domingo, 21 de outubro, o Brasil conseguiu vencer as paraguaias por 24 X 10, além de novamente superar a seleção peruana, desta vez, por 34 a 5.

Os bons resultados mantém a sequência positiva da seleção nacional, que neste ano já havia conquistado o título sul-americano.  As brasileiras seguem com uma grande hegemonia no cenário do rugby feminino na América do Sul. Das quinze edições do Campeonato Sul-Americano que já foram realizadas, o Brasil venceu 14 oportunidades. 

Sábado - 20 de outubro - Brasil 17 X 19 Paraguai

Sábado - 20 de outubro - Brasil 19 X 17 Peru

Domingo - 21 de outubro - Brasil 24 X 10 Paraguai

Domingo - 21 de outubro - Brasil 34 X 05 Peru

Sobre a Brasil Rugby e o rugby

"A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) tem o apoio do Comitê Olímpico do Brasil e do Ministério do Esporte, conta com o patrocínio máster do Bradesco e, como patrocinadores principais, AccorHotels, Topper, Heineken, Correios, Mercado Livre, CCR, Total, Rumo. Conta ainda com Alupar, Robert Walters e Cultura Inglesa como patrocinadores oficiais. Também são fornecedores e apoiadores do rugby brasileiro: Gilbert, Travel Ace, Fortify, Bearco, Deloitte, JExperts e Workout.

O rugby é o segundo esporte coletivo mais praticado no mundo, com quase 7 milhões de jogadores registrados e presente em mais de 170 países. No Brasil, são mais de 3,2 milhões fãs de acordo com o Ibope Repucom, mais de 300 agremiações esportivas e 60 mil atletas e praticantes, números que, somados à volta da modalidade ao programa olímpico nos Jogos do Rio 2016, fizeram a World Rugby (a federação internacional de Rugby) eleger o Brasil como prioridade estratégica de investimento.”

Postar comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados

Liquid error: Could not find asset snippets/size-chart.liquid