Jacareí é bicampeão do Super Sevens Masculino, apresentado pela Total

Imagem: João Neto/Fotojump

Torneio disputado no Rio de Janeiro, nos dias 23 e 24 de fevereiro, contou com a participação de 12 das principais equipes masculinas de sevens do Brasil, e coroou o time do Vale do Paraíba como campeão

O Jacareí sagrou-se, neste fim de semana, bicampeão brasileiro de rugby sevens, ao vencer o Super Sevens Masculino, apresentado pela Total. O torneio foi realizado no Clube da Aeronáutica, no Rio de Janeiro, e foi referente à edição de 2018.
A Total, que dá nome ao Super Sevens Masculino e patrocina o rugby brasileiro desde 2016, é uma empresa global de energia e atua na produção e distribuição de combustíveis, gás natural e energias com baixas emissões de carbono. O presidente da Total E&P do Brasil, Philippe Blanchard, acompanhou o torneio e entregou os troféus e medalhas às equipes que se destacaram.
Os jogos finais, no domingo, foram exibidos ao vivo pelo canal Band Sports, além de distribuídos ainda pela Band Internacional para outros seis países – Estados Unidos, Angola, Moçambique, Paraguai, Uruguai e Argentina.


O torneio
Jogando no grupo C, o Jacareí começou o Total Sevens ganhando com facilidade da Engenharia Makenzie e do Xavantes, por 41 a 0 e 38 a 0, respectivamente, mas levando um susto ao cair para o Pasteur, por 26 a 0, ficando em segundo lugar. No grupo A, o SPAC se destacou, superando os fortes Desterro e São José, com os três times avançando a fase final.
Já o grupo B foi muito equilibrado. A Poli venceu o Guanabara, que superou o Niterói, no clássico local. O time Nikiti, por sua vez, bateu a Poli, embolando a classificação. No fim, os três avançaram.
No segundo dia de disputa, o Jacareí passou pela Poli, por 12 a 7, nas quartas de final, e pelo Pasteur, por 7 a 5, na semi, em um jogo bastante equilibrado, decidido nos detalhes. Já pela outra chave, o Desterro superou o Guanabara, por 24 a 7, nas quartas, e o Niterói, por 10 a 7, na semi.
A grande final, reeditando a edição anterior, de 2017, teve o Jacareí dominante no jogo, com três tries de Leo Ilha e um de Bruninho, contra um try do Desterro, anotado por Ale. O placar de 26 a 7 decretou o título do time do Vale do Paraíba, agora bicampeão brasileiro de sevens masculino.
Nos demais jogos decisivos, Pasteur superou Niterói, por 19 a 12, na disputa de terceiro lugar; e São José bateu o Guanabara, por 14 a 7, na decisão do quinto lugar.


Confira os resultados finais abaixo:
Final Ouro - Jacareí 26 x 7 Desterro - Jacareí campeão do Total Super Sevens masculino
3º lugar - Pasteur 19 x 12 Niterói
Final Prata (5º lugar) - São José 24 x 7 Guanabara
7º lugar - SPAC 21 x 12 Poli
Final Bronze (9º lugar) - Eng. Makenzie 31 x 0 Xavantes
11º lugar - Rio Rugby 15 x 5 Maricá


Além do torneio principal, a Total também promoveu uma competição com quatro equipes Sub-17, compostas de times de projetos sociais da região. A “equipe azul” do Guanabara Rugby foi campeã, na disputa com Rugby Nossa Paixão, que ficou em segundo lugar, “time vermelho” do Guanabara, em terceiro lugar, seguidos do Grêmio Atlético de Maricá.

Sobre a Total
A Total é uma empresa global de energia e atua na produção e distribuição de combustíveis, gás natural e energias com baixas emissões de carbono. Os seus 100 mil colaboradores em todo o mundo estão comprometidos em fornecer uma energia melhor - mais segura, acessível e limpa - ao maior número de pessoas possível. Com operações em mais de 130 países, a ambição da Total é ser a empresa líder em energia responsável. www.total.com


Sobre a Brasil Rugby e a modalidade
A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) tem o apoio do Comitê Olímpico do Brasil e do Ministério do Esporte, patrocínio máster do Bradesco e, como patrocinadores principais, AccorHotels, Heineken e Correios. Conta ainda com Total, Deloitte, Alupar, Robert Walters, Cultura Inglesa e Estácio como patrocinadores oficiais. Também são fornecedores e apoiadores do rugby brasileiro: Gilbert, Travel Ace, Fortify.
O rugby é o segundo esporte coletivo mais praticado no mundo, com quase 7 milhões de jogadores registrados e presente em mais de 170 países. No Brasil, são mais de 31,7 milhões de pessoas interessadas pelo esporte, dentre eles 13,7 milhões se consideram fãs, de acordo com pesquisa Ibope Repucom 2018. São mais de 300 agremiações esportivas e 60 mil atletas e praticantes no País, números que, somados à volta da modalidade ao programa olímpico nos Jogos do Rio 2016, fizeram a World Rugby (a federação internacional de rugby) eleger o Brasil como prioridade estratégica de investimento.

Postar comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados

Liquid error: Could not find asset snippets/size-chart.liquid