Grandes vitórias e líder invicto marcam última rodada do Brasileirão de Rugby antes da pausa para Jogos Rio 2016

  • Desterro vence Curitiba e abre vantagem na liderança do Super 8; Farrapos e Niterói vencem a primeira partida no campeonatoRugby Super 8

Adrenalina, emoção e grandes jogos marcaram a terceira rodada do Super 8 – Divisão de Elite do Campeonato Brasileiro Masculino de Rugby XV -, no último sábado (30), pelo País. Desterro manteve a invencibilidade e abriu distância na ponta da competição, enquanto Farrapos e Niterói venceram pela primeira vez no campeonato. Agora, o torneio retornará após a participação das Seleções verde e amarela nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Com o apoio da torcida, o Desterro, melhor ataque do Super 8 até então, tinha de furar o sistema defensivo mais consolidado do torneio, o do Curitiba. De maneira contundente, os catarinenses se impuseram no confronto e abriram larga vantagem no marcador.

Os paranaenses mostraram boas alternativas para tentar diminuir a diferença, mas o Desterro soube controlar o duelo. Na reta final, o Curitiba conseguiu uma grande recuperação e encostou no placar, mas a vitória foi dos catarinenses por 24 a 21. Ambos obtiveram pontos-bônus na partida.

No Rio Grande do Sul, o Farrapos conquistou a primeira vitória no Super 8. E o bom resultado veio diante do São José, atual campeão do torneio. Os joseenses até saíram na frente, contudo, os gaúchos logo se recuperaram e abriram larga vantagem no placar. Os tries de Javier, Dudu e Civardi, além da boa exibição de Facundo, alçaram o time sulino ao êxito por 27 a 15.

Em seu primeiro duelo como mandante, o Niterói impôs o estilo de jogo e venceu o Bandeirantes Saracens por 41 a 10. Os tries dos mandantes foram anotados por Daniel Gregg, Boquinha e Robledo (duas vezes). Com o resultado, os cariocas já figuram na quarta colocação do Super 8, enquanto os paulistas assumem a incômoda lanterna do campeonato.

Para fechar, Pasteur foi derrotado pelo SPAC por 17 a 10, em duelo paulista. No dia 6 de agosto, Bandeirantes Saracens e Farrapos fazem o jogo adiado da segunda rodada.

O Super 8 reúne as oito melhores equipes de Rugby XV do País. As equipes disputarão 14 partidas cada, em sistema de turno e returno. Os dois primeiros colocados fazem a final da competição, no dia 12 de novembro, em campo com mando a ser definido pela Confederação Brasileira de Rugby. O último na classificação é rebaixado, enquanto o penúltimo encara o vice-campeão da Taça Tupi. O vencedor deste confronto tem direito a disputar o Super 8 de 2017.

Agora, a competição terá uma pausa para a disputa dos Jogos Olímpicos Rio 2016. O torneio retornará em 20 de agosto, após a participação das Seleções Brasileiras Feminina e Masculina no maior evento multiesportivo do mundo.

Os ingressos são gratuitos para torcer e incentivar as agremiações no Super 8. Para mais informações, acesse o hotsite oficial do torneio: http://rugbysuper8.com.br/2016/.

Farrapos 27 x 15 São José
Data/horário: 30 de julho de 2016, às 15h
Local: Estádio da Montanha (Endereço: Rua Osvaldo Aranha, s/n – Cidade Alta – Bento Gonçalves (RS))
Árbitro: Ricardo Sant’Anna

Desterro 24 x 21 Curitiba
Data/horário: 30 de julho de 2016, às 15h
Local: Campus UFSC Fazenda da Ressacada (Endereço: Rua José Olímpio da Silva, 1.100 – Tapera)
Árbitro: Marcelo Toscano

Pasteur 10 x 17 SPAC
Data/horário: 30 de julho de 2016, às 15h
Local: São Paulo Athletic Club (Av. Atlantica, 1448 - Santo Amaro -São Paulo/SP)
Árbitro: Henrique Platais

Niterói 41 x 10 Bandeirantes Saracens
Data/horário:
30 de julho de 2016, às 15h
Local: Campos da UFF – Gragoatá (Endereço: Av. Visconde do Rio Branco, s/n – São Domingos – Cidade Universitária)
Árbitro: Xavier Vouga

Postar comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados