BRASIL BATE JAPÃO E ENCARA A NOVA ZELÂNDIA NAS QUARTAS DE FINAL DO SUPER DESAFIO BRA DE RUGBY SEVENS

Com vitória sobre as japonesas, Tupis terminaram o primeiro dia de jogos como a melhor terceira colocada; Segundo dia define a grande campeã do torneio

20/02/2016 | Confederação Brasileira de Rugby.

Barueri, 20 de fevereiro de 2016 – As Tupis da Seleção Brasileira Feminina de Rugby demonstraram muita garra e vontade no primeiro dia de jogos do Super Desafio BRA de Rugby Sevens, torneio que vale como a 2ª etapa da Série Mundial da Modalidade. Com uma vitória sobre o Japão, conquistada da última rodada, e duas derrotas, a equipe terminou como a melhor terceira colocada da fase de grupos. Os resultados credenciaram as brasileiras para as quartas de final, diante da poderosa Nova Zelândia. O segundo dia de jogos do Super Desafio BRA de Rugby Sevens será neste domingo (21), das 11h às 19h, na Arena Barueri.

 

“Sabíamos que os dois primeiros jogos seriam muito difíceis, contra equipes que estão no top 5 do ranking mundial. Demos nosso melhor, mantivemos o plano de jogo e no terceiro confronto conseguimos a vitória que nos classificou para as quartas de final. Agora é manter o foco para buscar o melhor resultado em uma etapa da Série Mundial em nossa história”, afirma Raquel Kocchann, da Seleção Brasileira de Rugby.

 

O primeiro dia de jogos

Dividido em dois dias, o Super Desafio BRA de Rugby Sevens conta com a participação das 12 melhores equipes de rugby sevens feminino do mundo. O Brasil, no grupo C, não teve vida fácil. Diante de potências da modalidade, como França e Inglaterra, nossas meninas mostraram muito empenho, mas não conseguiram resultados positivos. Vitória das francesas por 29 a 10 e das inglesas por 24 a 12.

 

Na terceira e decisiva partida, contra o Japão, o Brasil dependia da vitória para conseguir a classificação para as quartas de final. Pressionando desde o primeiro minuto, as Tupis abriram o placar com try de Raquel, convertido, em rápida jogada pela esquerda: 7 a 0 Brasil. Baby marcou o segundo try brasileiro, infiltrando pelo meio, enquanto Juka arrancou pela direita para anotar o terceiro: 17 a 0. Raquel marcou o 4º try das Tupis, que ainda viram as japonesas diminuírem no fim do primeiro tempo. 22 a 5 para o Brasil no intervalo.

 

Na volta, o Brasil seguiu pressionando as japonesas e mantendo a bola no campo de ataque. Após muita insistência, Paulinha marcou o último try do jogo, definindo o placar em 27 a 5 para o Brasil.

 

O grupo A teve a Austrália em primeiro lugar, seguida por Canadá, Fiji e Irlanda. Já o grupo B foi facilmente dominado pela Nova Zelândia, seguida por Estados Unidos, Espanha e Rússia.

 

No segundo dia de jogos, o Brasil encara a favorita Nova Zelândia, pelas quartas de final. Os jogos serão realizados a partir das 11h da manhã e seguem até às 19h, com a disputa do título do Super Desafio BRA de Rugby Sevens. Os jogos têm transmissão ao vivo pelo site da World Rugby e do SporTV.

 

Torneio universitário

Como prévia ao Super Desafio BRA de Rugby Sevens, foi disputado na Arena Barueri um torneio universitário, com os jogos entre Seleção USP A, USP B, Casper Líbero, Makenzie e Unesp de Rio Claro.

 

Resultados do primeiro dia de jogos do Super Desafio BRA de Rugby Sevens:

Inglaterra 38 x 5 Japão

França 29 x 10 Brasil

Austrália 26 x 17 Fiji

Canadá 26 x 7 Irlanda

Rússia 12 x 19 Espanha

Nova Zelândia 35 x 5 Estados Unidos

Inglaterra 24 x 12 Brasil

França 36 x 7 Japão

Austrália 19 x 5 Irlanda

Canadá 24 x 7 Fiji

Rússia 10 x 19 Estados Unidos

Nova Zelândia 46 x 0 Espanha

Inglaterra 12 x 17 França

Japão 5 x 27 Brasil

Austrália 29 x 14 Canadá

Fiji 15 x 7 Irlanda

Rússia 10 x 40 Nova Zelândia

Espanha 0 x 33 Estados Unidos

 

Jogos de domingo (21), às partir das 11h:

Quartas de final:

Austrália x Fiji

Nova Zelândia x Brasil

França x Canadá

Estados Unidos x Inglaterra

Disputa de 8º a 12º lugares:

Espanha x Japão

Irlanda x Rússia

Confira a tabela completa no site da World Rugby.

 

Brasil:

Paula Ishibashi “Paulinha” – SPAC
Edna Santini – São José
Julia Sardá – Desterro
Juliana Esteves “Juka” – Band Saracens
Mariana Ramalho “Mari” – SPAC
Luiza Campos – Charrua
Beatriz Futuro “Baby” – Niterói
Maíra Behrendt – SPAC
Raquel Kochhann – Charrua
Haline Scatrut – Curitiba
Amanda Araújo – Niterói
Bianca Santos – São José

 

Imagem: João Neto/Fotojump

Postar comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados

Continuar comprando
Seu Pedido

Seu carrinho está vazio. Você irá apoiar a CBRu com cada compra!